Postagens populares

sábado, 16 de março de 2013

DESIGUALDADE SOCIAL


 

Tarde de chuva, no sinal parei.Assistia uma cena do cotidiano
Inconformado e muito triste fiquei
Com uma garotinha chamada Ana.

Trazia uma placa no peito
Vítima do desnível social
Faltava-lhe moradia e outros direitos
Numa sociedade desigual.

 A cicatriz de uma vida frustrante
Passou por tempestades um sentimento e ferido
Nuvens de poeira horripilantes,
Pobre Ana... Recebeu como um castigo.