Postagens populares

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

APEDREJADA


        
Nikita saia à noite para aventurar
Malvados iludiam-na pela rua,
Tinha um vazio triste no olhar
Pecado escarlate, cheia de amargura.

Pelos puritanos foi apedrejada
Tinha uma vida leviana no apogeu
As vestes brancas ensangüentadas
Não teve amor sincero de Romeu.

Suas marcas eram reversíveis
Nikita buscou em Jesus sabedoria,
Disse: no Senhor eu sou invencível
Nunca mais serei provérbio de zombaria!

                  




Postar um comentário