Postagens populares

domingo, 13 de abril de 2014

FLUTUANDO

                                 
                               

Por que atormentas e me deixas louco?

Vento impetuoso são minhas noites,

A dor que sinto no coração é de parto

Madrugo triste pela cidade roto.

Mísero e andarilho vivo a vagar

Numa solidão pensando em ti

Com o céu estrelado faço versos

Canto serenata na noite de luar.

Tudo eu daria para ser amado

Esqueço as tristezas, recomeço o dia
                      
                        Chego a pensar que flutuo até o céu.
                       
                        Querida,  não quero apenas ser consolado.