Postagens populares

quarta-feira, 28 de maio de 2014

O CURIÓ


No horizonte desponta-se o solAs manhãs festivas de lindas sinfoniasNo galho de imbuia ouve-se um curió.
Plena reflexão ao surgir o dia. 

Ele vivia em união no arvoredo

Mas uma triste manhã houve luto
Mataram seus irmãos logo cedo
Um caçador rebelde, e devoluto.

Era arrogante achava-se valente
Cometeu um dano em silêncio matinal,
Tirou a vida dos seres inocentes
Os pássaros clamam a paz mundial!
              
Postar um comentário