Postagens populares

sábado, 20 de setembro de 2014

LEITORES. FRAGMENTOS DO MEU LIVRO : O PREÇO DE UMA VIDA



As folhas secas se espalham pela rajada do primeiro vento de outono, mas depois de algum tempo o clima fica tranquilo predominando um forte calor, enquanto o sol poente se esconde por detrás das serras sob a região de Vargem Doce.
O pica-pau um pássaro hiperativo faz barulho acordando a vizinhança e importunando o sono dos seus companheiros. Porém, no habitat existe um casal mais tranquilo e trabalhador: João de Barro e sua companheira que saem de manhã à procura de alimentos nos troncos das árvores. Incansavelmente, carregam argila e esterco, para construir sua casa.
Alguns metros dali estão alguns adolescentes observando atenciosamente cada movimento daqueles pássaros. Seus olhares de inveja cercam-nos por serem independentes livrem de regras, ditadas pelos homens, e com tantas habilidades admiráveis. Pensam como seria bom se tivessem asas para voarem até o infinito, sem se preocuparem com o tempo de voltar.
Violetta e seu irmão Acary estão fazendo trabalho de ciência a pedido dos professores. Concordaram irem ao parque ecológico analisar as plantas e animais. Em seguida ao laboratório.

-Veja fora Carlos Lineu que criou a nomenclatura deu nomes aos seres vivos que os biólogos usam em qualquer país do mundo.
_ Realmente, fora um personagem muito importante, para a Biologia.
Acary e Violetta não percebem que já tarde.  Na conversação entre eles uma nota emotiva de um amor que não é correspondido é o assunto também em pauta.

A atitude despojada de Acary surpreende sua irmã Violetta. Ele não faz segredo quando se refere à Paloma uma garota arrogante e mimada, filha de Camilo Borges o dono da fazenda.
_ Sinto meu coração despedaçado. Ontem enviei um presente de aniversario a Paloma, mas fora infelizmente recusado. É rebelde, mas tão singela como as pétalas das rosas.
O primeiro amor de Acary deixa-o melancólico. As suas lágrimas preste a saltar dos olhos quando se refere à Paloma.

Violetta o ouve em constrangimento. Naquele momento seria inadmissível ela ficar calada diante da semidiotice do seu irmão.