Postagens populares

domingo, 18 de janeiro de 2015

FRAGMENTOS DO LIVRO: O PREÇO DE UMA VIDA - NEVES MARIA MARQUES

       



                    Provavelmente, o amor de Berlinda não era suficiente para tratar bem                        Rebeca. Porém, com hipocrisia vai até seu quarto lhe afrontar:
  Parece-me que você se adaptou bem, nesse quarto horripilante.
Rebeca seguramente lhe responde:
— É no deserto que se fortalece e há reflexão no amor e na paz.
  São palavras que eu não sei lhe responder. Contudo, percebo que existe algo diferente em você.
Rebeca calmamente responde:
— Deus disse que protege aqueles que sofrem injustiça. Só clamá-lo e Ele responderá.
— Que bobagem, agora não fala nada que se aproveite. Só nessa tal de Bíblia, escrita pelos homens de um passado remoto. Decerto que todas as coisas que estes autores escreveram vêm acontecendo. Mas, continuo achando uma chatice!
— Sinhá Berlinda este livro sagrado se chama Bíblia. Fora escrita por homens a quem Deus Todo Poderoso concedeu um espírito de sabedoria. Foi por meio dela que eu conheci o Senhor Deus dos Exércitos. Aprendi amar e perdoar os que me perseguem como à senhora e seu esposo Camilo Borges.
— Aprendeu também ser ousada. No meu intimo, eu gostaria de crer nesse seu Deus que faz milagre. Mas é melhor não ficar tão boba assim como você.
— É fácil senhora Berlinda. Deixe Deus trabalhar em sua vida. A Bíblia diz que Deus é o Oleiro que nos modela como o barro.
Berlinda entende que Rebeca está lhe humilhando e diz:
— Porventura, eu sou de barro? Se Deus é tão grande, não precisa disso para fazer um ser humano.
— Por enquanto não somos, mas tornaremos em pó novamente. Porém, quem fizer a vontade de Deus e seu filho Jesus, o espírito vivificará e terá vida eterna.
— Rebeca, eu acho que você está se envolvendo demais nesse tal de livro sagrado.  Mostre-me um milagre que seu Deus fez. Daí eu crerei Nele.
   Não só a senhora verá, mas todos os olhos verão e ficarão espantados com os milagres desse Deus. Já olhou o céu com sua grandeza? E o mar com seus mistérios? Os seres vivos cada um se relacionam com sua própria espécie.

Berlinda deixa de profanar. Entra na charrete com Estevão e segue para a cidade.